Governo deve entregar várias obras rodoviárias até o primeiro semestre de 2017

Serviços de implantação, pavimentação e duplicação avançam em todo o Estado

Ótimas estradas reduzem o custo de transportes e, portanto, o preço final dos produtos, tornando-os mais acessíveis ao consumidor e mais competitivos com os concorrentes, o que acarreta principalmente um melhor desenvolvimento econômico para o Estado. A redução do tempo de viagem entre duas ou mais cidades permite aumentar os laços econômicos e sociais e é nisso que o governador Renan Filho vem pensando e agindo à frente do governo de Alagoas.

A previsão é de que até o primeiro semestre de 2017 o governo do Estado entregue cerca de nove obras rodoviárias. Estão sendo executados do Agreste ao Sertão, da Região Norte ao Sul, serviços de terraplenagem em cortes e aterros, pavimentação asfáltica, pontes, bueiros, drenagem profunda e superficial, cercas delimitadoras, paisagismo e sinalização horizontal e vertical.

Região Agreste

Sonho antigo da população de Arapiraca, a duplicação de 4km do perímetro urbano da rodovia AL-110 está com algumas etapas concluídas. Como por exemplo, a ampliação do viaduto. Mais de 80% dos serviços de terraplanagem e 50% dos serviços de drenagem e pavimentação. O projeto também prevê a colocação de três passarelas, seis paradas de ônibus, passeios, canteiro lateral com 1,60 m de largura e ciclovia, entre outros investimentos. Já a restauração dos 22 quilômetros que liga Arapiraca a São Sebastião já foi finalizada.

A obra vai melhorar a mobilidade urbana, além de facilitar o escoamento da produção. O benefício será para uma população significativa, de 500 mil a 700 mil habitantes, que usam essa estrada para vários itinerários da região. Outra obra muito importante para o Agreste de Alagoas está sendo realizada no município de Craíbas, que vai ganhar uma nova via que trará mais desenvolvimento urbano para a região.

Já em Craíbas, o serviço das obras de pavimentação e drenagem no trecho que liga o município ao povoado de Folha Miúda, na AL-220 está em fase de conclusão. O trecho que possui 10,7 km de extensão estão com 95% dos serviços de terraplanagem concluídos, 30% de pavimentação, além de 60% da construção de duas pontes. A obra além de garantir acessibilidade, vai ainda proporcionar mobilidade urbana e melhorar o fluxo de veículos na área.

Região Sul

Importantes obras para o desenvolvimento da região Sul de Alagoas estão sendo realizadas, como a implantação e pavimentação das rodovias de Penedo – Cooperativa Pindorama e Cooperativa Pindorama – Bolivar. Duas importantes estradas que estão próximas de serem entregues à população.
Mais de 150 mil habitantes da região serão beneficiados, pois além de encurtar em mais de 20 quilômetros a distância de Penedo e Coruripe para a capital, as estradas irão fortalecer ainda mais o escoamento da produção agrícola para os municípios vizinhos. Dos 32 quilômetros da rodovia que liga Penedo ao povoado de Pindorama, 2,5 quilômetros de estrada já foi asfaltada. Já os serviços na rodovia Pindorama – Bolivar que, ao todo, terá 25.144 quilômetros pavimentados, teve o trabalho de drenagem concluído e mais de dois quilômetros de asfalto implantado. Outra significativa característica que as duas estradas terá é a irão fomentação do fluxo turístico com o litoral de Alagoas.

Já na AL-420 e AL 415 está sendo realizado um trabalho de restauração das estradas que ligam os municípios de Roteiro e São Miguel dos Campos. Dos 16,92 quilômetros de extensão a serem restaurados, 10 já foram concluídos e um quilômetro está em execução. Os serviços, que tiveram início em 2014 e estavam paralisados desde então, foram retomados no último mês de março pelo Governo de Alagoas. Porém, com as últimas chuvas que atingiram a região, as obras precisaram ser desaceleradas. A obra vai desenvolver ainda mais o turismo da região Sul do estado, pois encurtará o trajeto entre os municípios, além de melhorar o tráfego da localidade e, principalmente, facilitar a locomoção dos habitantes de Roteiro a outras cidades da região.

Região Norte

O incentivo ao turismo local e a melhoria da qualidade de vida dos moradores do Litoral Norte e da parte alta de Maceió estão entre os principais pensamentos do governador Renan Filho. Como o próprio governador classifica uma das principais obras de sua gestão será a duplicação da AL-101 Norte. A obra está na etapa da construção do viaduto, que está em fase de cravação das estacas de fundação, na Avenida Pierre Chalita. A duplicação contará ainda com ciclovia em todo o trecho, além de iluminação pública, sinalização, drenagem, canteiro central com iluminação, passarelas e dois viadutos – sendo o da Avenida Pierre Chalita e o outro na Avenida Josefa de Mello. O primeiro trecho dos trabalhos começará em Cruz das Almas e segue até o início de Garça Torta, totalizando 5,8 km.

As obras de implantação e pavimentação da nova rodovia que ligará a AL-105 (Cachoeira do Meirim) à BR-104 (Aeroporto Zumbi dos Palmares) estão aceleradas. Ainda no mês de fevereiro, será colocada a “primeira mão” de asfalto. Além disso, já está em fase de conclusão a implantação do sistema de drenagem, parte indispensável do projeto que vai garantir a durabilidade ao novo asfalto, além de segurança na utilização da pista.

A ponte da Alça da Flamenguinha, na AL-105, está praticamente finalizada. Tanto no lado esquerdo como no lado direito da obra, a colocação das vigas já foi concluída. Outra etapa finalizada foi a instalação dos pilares no trecho que fica dentro das águas do rio Meirim. Nos 28 quilômetros da rodovia, que vai até o município de São Luiz do Quitunde, outras duas pontes foram construídas. A primeira, entre o Rio Jequituba, de 54 metros; a segunda, de 18 metros, sobre o rio Piabas, ambas em São Luiz do Quitunde.

Em Porto Calvo e Porto de Pedras, os 6,74 quilômetros de implantação e pavimentação da malha asfáltica da rodovia AL-460 vai melhorar o tráfego, aumentar a segurança na estrada, facilitar a vida dos condutores, aproximar os municípios e desenvolver ainda mais o turismo na região. A obra irá beneficiar mais de 35 mil habitantes.

Sertão

Os trabalhos de melhoramento e restauração dos oito quilômetros da AL -145, no trecho do entroncamento da BR-423 (Delmiro Gouveia) com a AL-220, no povoado Maria Bode estão em ritmo acelerado. A obra vai impulsionar ainda mais a economia na região do Sertão alagoano e alavancar ainda mais o desenvolvimento urbano com a expansão da cidade, beneficiando mais de 50 mil sertanejos.

As obras estão sendo executadas pela Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand), em parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem de Alagoas (DER–AL).

Obras planejadas

Para o final do segundo semestre deste ano, o governador Renan Filho já vem planejando junto a Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano e Departamento de Estradas de Rodagem, a retomada e inicio de importantes obras que irão desenvolver ainda mais o estado. Como a recuperação da estrada que liga os municípios de Mata Grande e Água Branca, que receberá a ordem de serviço no próximo Governo Presente, agendado para julho deste ano. Além desta obra, devem ser retomados e iniciados os serviços nas estradas de Campo Alegre à BR-101; Povoado Utinga à BR-316; Olho D’ Água Grande à BR-101; Teotônio Vilela à Bolivar; Arapiraca à Taquarana seguindo até a BR-316; Coruripe à BR-101; Chã Preta à Divisa de Pernambuco ; Flexeiras à São Luis do Quitunde; Penedo à Porto Real do Colégio seguindo até São Braz; Belo Monte à Pão de Açúcar; São Braz à Traipu seguindo até Belo Monte; Barra de Santo Antônio à Barra de Camaragibe.


Ascom DER

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa