Governador anuncia obras importantes nas áreas de saúde e infraestrutura

A estruturação dos segmentos de saúde e infraestrutura vai passar por um importante processo de renovação e crescimento em Alagoas no ano de 2016. A informação foi dada pelo governador Renan Filho, em entrevista ao programa Gazeta Manhã, nesta segunda-feira (30), na Rádio Gazeta AM, ao anunciar a implantação de duas grandes obras: o Hospital de Clínicas, onde atualmente funciona o Portugal Ramalho, e a construção da ponte que liga Maceió ao município de Coqueiro Seco, beneficiando toda a região da parte baixa da capital alagoana.

O desenvolvimento da saúde pública foi destacado pelo chefe do Executivo como principal demanda do cidadão. A captação de investimentos na edificação de novos hospitais somada à regionalização e o fortalecimento do setor da saúde no interior é o desafio imediato assumido pelo Governo de Alagoas. Serão mais dois hospitais construídos em Maceió, o de Clínicas e outro com perfil materno-infantil.

“Precisamos fazer funcionar o que já existe. A ausência de uma rede de atendimento em Alagoas não é uma opção no nosso Estado, já conquistamos avanços significativos neste primeiro período e nosso compromisso é impulsionar ainda mais os diferentes setores. O princípio da saúde é fazer funcionar melhor o que já existe e construir novos equipamentos para melhor definitivamente melhorar a saúde pública para os alagoanos”, ressaltou o governador.

Fecoep

Outra novidade divulgada pelo governador Renan Filho foi a aplicação de um percentual do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep) no setor da saúde. A medida vai auxiliar o Estado na construção de novas unidades de saúde, além de melhorias no segmento. No interior de Alagoas, quatro novos hospitais já estão assegurados dando mais qualidade no atendimento à população mais carente: uma unidade no município de Porto Calvo e as demais em cidades como Delmiro Gouveia, União dos Palmares e Viçosa.

Mudanças na infraestrutura

Na esfera de infraestrutura, o governador garantiu ainda a estruturação da ponte que ligará Maceió ao município de Coqueiro Seco. De acordo com Renan Filho, no dia 18 de janeiro de 2016, o Estado recebe uma missão do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que possibilitará investimentos como o início das obras, além da presença de uma nova área de expansão da região metropolitana de Maceió.

“Este projeto beneficiará diretamente as cidades de Coqueiro Seco, Santa Luzia do Norte, Satuba e Marechal Deodoro, que são municípios fundamentais para o desenvolvimento do Estado e também no papel de integração da região metropolitana. Esse será nosso compromisso, veremos uma grande mudança em toda a parte baixa da capital alagoana”, completou o chefe do Executivo alagoano.

Agência Alagoas

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa