Agricultura familiar gera 77% dos empregos no setor agrícola

A agricultura familiar se destaca como um dos setores da economia que mais cresce na produção de alimentos, geração de riquezas e em distribuição de renda. Ela é hoje uma das principais atividades geradoras de trabalho e renda na América Latina e no Caribe, segundo o relatório “Perspectivas da Agricultura e do Desenvolvimento Rural nas Américas 2014: uma visão para a América Latina e Caribe”, produzido pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA).

No Brasil, a agricultura familiar é responsável por 70% dos alimentos que estão nas mesas dos brasileiros e emprega 77% das pessoas envolvidas com o setor agrícola.

Em maio, a cidade do Rio de Janeiro (RJ) recebe o Green Rio 2014, evento que pretende discutir temas do desenvolvimento agrário e do setor produtivo. Também haverá exposições de fabricantes de cosméticos, alimentos, bebidas, além de rodadas de negócios.

A Secretaria da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), discutirá a importância do trabalho das famílias no campo para o desenvolvimento socioeconômico brasileiro e quais programas têm sido implementados para incentivar esse setor produtivo.

No encontro os produtores poderão saber mais sobre o Programa Mais Alimentos, uma linha de crédito do Pronaf que financia investimentos para a modernização da propriedade rural familiar a juros subsidiados, incluindo a aquisição de máquinas e equipamentos.

Através do Mais Alimentos, é possível financiar a compra de tratores de até 80 cavalos, direcionados para a agricultura familiar, com taxa de 2% ao ano, carência de até três anos e prazo de pagamento de até uma década. Esses tratores de menor potência já respondem por 60% das unidades vendidas no país. O universo de potenciais compradores de tratores na linha Mais Alimentos está entre 260 mil e 300 mil produtores familiares.

O evento acontece nos dias 7 e 8 de maio.

Rural BR

Descrição do autor

Bccom Comunicação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa