Instituto Inspirare e Secti buscam parcerias na área de inovação

Instituto Inspirare e Secti buscam parcerias na área de inovação

Representantes do Instituto Inspirare, uma ONG na área de educação e inovação, se reuniram na tarde dessa terça-feira (01) com o secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Eduardo Setton, e as presidentes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), Janesmar Cavalcante, e do Instituto Parque Tecnológico, Aline Ramos, para discutir possibilidades de parcerias envolvendo inovação tecnológica e educação em escolas públicas de Alagoas.

O Inspirare é um instituto familiar, criado em setembro de 2011, com a missão de inspirar inovações em iniciativas empreendedoras, políticas públicas, programas e investimentos que melhorem a qualidade da educação no Brasil. Em Alagoas, iniciou ações no município de São Miguel dos Campos.
O Inspirare realizará um Fórum Instersetorial e palestra com o tema educação e inovação, como melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes em São Miguel dos Campos, dias 14 e 15 de abril, com a presença do secretário da Ciência e Tecnologia, Eduardo Setton.

O Instituto trabalha com quatro frentes de trabalho, a exemplo de difusão e inovação em educação; mapeamento de negócios sociais em educação, como startups focadas em projetos nesta área; apoio às redes de ensino público, com propostas de ensino integral; e mapeamento de territórios para novos projetos inovadores, por meio de levantamentos de pesquisas e outras formas de checagem de demandas.

Na reunião, as gestoras do Inspirare, Claudia Frazão, e Carla Azevedo, conheceram as iniciativas em andamento do Instituto Parque Tecnológico de Alagoas, que faz a gestão dos polos tecnológicos no Estado, tanto os agroalimentares de Batalha e Arapiraca, como o Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços, que será construído em Jaraguá. Há também os projetos e bolsas de pesquisas que a Fapeal desenvolve com o foco na melhoria da educação do ensino médio no Estado.

Para Carla Frazão, o Inspirare tem como premissa escutar os representantes da localidade que pretende se inserir e conta com parcerias com a rede pública de ensino. Uma das formas de atuação conjunta discutidas entre a Secti, Fapeal e Instituto Parque Tecnológico é a atuação do Sistema Secti como interlocutor entre a ONG e o Governo do Estado e demais instituições ligadas à pesquisa e inovação tecnológica em Alagoas.

“Acredito em ações cidadãs, de institutos, Ongs e universidades que estimulam e abrem caminho, mostrando às esferas governamentais como pode ser tão simples, por meio de bons exemplos, transformar a educação em regiões carentes”, disse o secretário Eduardo Setton. Também participou do encontro a diretora de políticas de desenvolvimento científico e tecnológico da Secti, professora Lenilda Austrilino

Agência Alagoas

Author Description

Bccom Comunicação

Sem Comentários ainda.

Participe do debate