Definidas cotas de apoio para clubes alagoanos

O Governo de Alagoas ampliou o apoio aos clubes alagoanos que participarão dos campeonatos de futebol deste ano em competições como o Campeonato Alagoano, os Brasileiros das Séries C e D, além da Copa do Nordeste. Os investimentos serão de R$ 2,5 milhões, trezentos mil a mais do valor do repassado ano passado.

Descontados os impostos (20%) e cota do patrocínio de televisionamento ao vivo, ficou líquido para as agremiações R$ 1,4 milhão, divididos da seguinte forma, conforme entendimento unânime dos presentes: para os dez clubes que disputam a primeira divisão do Campeonato Alagoano já estão disponibilizados R$ 480 mil, divididos por igual, R$ 48 mil cada.

Para a liberação no segundo semestre os clubes que participam da Copa do Nordeste (CSA e CRB) arrecadarão R$ 60 mil cada. No Brasileiro série ‘C’ (CRB e ASA) receberão R$ 310 mil cada. O representante da série ‘D’ receberá a cota de R$ 180 mil. “Prevaleceu decisão de governo que instituiu a meritocracia, ou seja, quem conseguir galgar e participar de outras competições será apoiado e com cotas de patrocínio condizentes com a maior exposição na mídia”, explicou o secretário-adjunto do Esporte, Jorge VI.

A definição dos valores foi feita em encontro na sede da Secretaria de Estado Adjunta do Esporte, no Estádio Rei Pelé, com os dirigentes dos dez clubes alagoanos e representante da Federação Alagoana de Futebol (FAF).

“Nada mais justo esse apoio de governo para essa árdua manutenção das equipes do nosso futebol. Digo isso porque já senti na pele essas dificuldades. Por isso reafirmo aqui esse importante compromisso do governador Teotonio Vilela com o futebol profissional alagoano, uma atividade que promove o entretenimento, irradia o despertar da juventude para o esporte de uma maneira geral, além de educar, disciplinar, ensinar a trabalhar em equipe, a ganhar com humildade e perder com altivez”, enumerou o secretário citando palavras do próprio governador.

Para os dirigentes dos clubes alagoanos esse apoio de governo é uma ajuda significativa para as agremiações, principalmente as equipes consideradas pequenas, a exemplo do Penedense. “Esses apoios consecutivos que vimos recebendo durante esses oito anos de governo têm sido bastante representativos para a nossa situação financeira. Graças a Deus o governador Teotonio Vilela autorizou a sua equipe a nos repassar esses valores que servirão para sanar os débitos mais urgentes”, agradeceu o presidente do Penedense, Farley Pereira, ressaltando o empenho do secretário Jorge VI.

Agência Alagoas

Descrição do autor

Bccom Comunicação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa