SMTT multa 10 condutores na primeira manhã de multas na Faixa Azul

Nas primeiras horas em que começou a vigorar a punição para os motoristas que não respeitassem a faixa exclusiva de ônibus na capital, 10 condutores foram multados. As infrações foram cometidas na manhã desta segunda-feira (10).

De acordo com informações da assessoria de comunicação da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), foi na Avenida Fernandes Lima que os infratores tentaram se desvencilhar do trânsito e trafegaram na faixa destinada aos ônibus coletivos.

Porém, o primeiro motorista que perdeu três pontos na carteira de habilitação e terá que arcar com a multa de R$ 53,20 foi um condutor de um coletivo. Segundo a assessoria da SMTT, o infrator realizou uma ultrapassagem fora da faixa em um trecho da Fernandes Lima e acabou multado.

A SMTT considera que o primeiro dia de contabilização de multas foi tranquilo e não foram registradas graves ocorrências. Durante as primeiras horas da manhã a faixa destinada aos ônibus contrastava com as demais faixas das avenidas. De um lado, os carros e outros veículos enfrentavam um grande congestionamento, enquanto que na ‘Faixa Azul’ os ônibus trafegavam sem maiores problemas.

Inicialmente, a uso da Faixa Azul estava destinado apenas aos ônibus, mas após estudos entre representantes da SMTT e do Sindicato dos Taxistas (Sintaxi) ficou acordado que taxistas e condutores de veículos complementares também estão autorizados a circular na faixa. Segundo eles, a determinação ocorre após estudos de viabilidade.

De acordo com a determinação, os táxis só estão autorizados a circular na Faixa quando estiverem com passageiros. Para não comprometer a fiscalização, os taxistas devem retirar as películas fumês dos veículos.  Já para o embarque e desembarque de passageiros, os taxistas devem obedecer a uma distância mínima de dez metros de distância de antes ou depois de um ponto de ônibus.

Já em relação aos veículos complementares, ficou estabelecido entre a SMTT, Sintrancomp e a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) que 59 veículos complementares, obrigatoriamente, vão passar a circular na faixa azul. Os automóveis terão que instalar, dentro de um prazo de 30 dias, chips que serão monitorados via satélite pela SMTT.

Assim como os taxistas, os veículos complementares devem retirar a película e não ultrapassar a velocidade de 50 Km/h. O embarque e desembarque de passageiros devem ser feitos, exclusivamente, nos pontos intermunicipais (complementar), cuja identificação dos pontos será realçada pela Arsal com a pintura de meio-fio.

Os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias continuam também usando as faixas à esquerda. Esses veículos só podem circular na faixa azul em serviço de urgência e devidamente identificados por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente, conforme o que preceitua o art. 29, VII do CTB.

Cada Minuto

Descrição do autor

Tatiane Gomes

Há 2 comentários. Adicione o seu

  1. 10 de março de 2014 | Maurilio Procopio gomes disse:
    Moro no Tabuleiro, hoje ao invés de gastar 40 minutos para chegar ao trabalho gastei Uma hora e quinze minutos. Um absurdo. Peguei engarrafamento também na volta. Antes dessa famigerada FAIXA AZUL, a Fernandes Lima tinha alguns prontos de estrangulamento , agora acontece em toda a sua extensão. O trânsito para os donos de automóveis particulares, que pagam impostos e pesadas TAXAS para ter o direito de trafegar tranquilamente nas vias da nossa Capital , virou um PESADELO. A SMTT tem obrigação de rever essa ideia MALUCA que é a FAIXA AZUL.
  2. 10 de março de 2014 | Maurilio Procopio gomes disse:
    Moro na Tabuleiro, hoje ao invés de gastar 40 minutos para chegar ao trabalho gastei uma hora e meia. Um absurdo. Antes da FAIXA AZUL haviam alguns pontos de estrangulamento na Av. Fernandes Lima, agora é em toda a sua extensão. Peguei também grandes engarrafamentos de volta à casa. Eu e os demais usuários de automóveis particulares, que pagamos impostos e pesadas TAXAS para termos o direito de trafegar tranquilamente nas vias da nossa Capital estamos vivendo um PESADELO. Esperamos que a SMTT o mais rápido possível apague essa ideia maluca chamada FAIXA AZUL.

Participe da conversa