Governador fecha acordo salarial com associações militares

O governador Teotonio Vilela Filho selou acordo com as associações dos Policiais Militares e Corpo de Bombeiros, quando os representantes das categorias aceitaram as três principais propostas que vinham sendo negociadas. A reunião aconteceu na noite de quinta-feira (26), no Palácio República dos Palmares.

Entre as propostas acordadas, o governador assegurou um antigo pleito dos militares: o realinhamento de todas as faixas salariais em apenas duas, excetuando-se os soldados, que terão apenas uma faixa, com a garantia do repasse para os salários de R$ 2,8 milhões. Inicialmente, a proposta era de R$ 1,9 milhão.

Teotonio Vilela anunciou ainda a disponibilização de mais R$ 14 milhões para uma nova tabela de escalonamento, sendo R$ 6 milhões em 2014, e mais R$ 8 milhões até março de 2015. “Presido essa reunião com o sentimento de que nós estamos do mesmo lado, avançamos bastante. Queremos uma PM e um Corpo de Bombeiros profundamente motivados, preparados e equipados. Foi como tirar leite de pedra, mas conseguimos, e todos aqui nesta mesa estão de parabéns”, disse o governador.

O coronel PM Ivon Berto falou pelos policiais. Ele assinalou que o objetivo comum foi cumprido e quem ganha com o acordo é a população de Alagoas. “O Governo cumpriu seu compromisso e nos deu uma injeção de ânimo. Não foi uma luta fácil, mas conseguimos alcançar o nosso objetivo. Quem ganha são os alagoanos”, disse o coronel.

Acompanharam a reunião cinco deputados, quatro secretários de Estado e representantes da OAB e da CUT.

Custeio e investimentos

Outras das medidas anunciadas pelo Governo foi o incremento no custeio das duas corporações, que passará de R$ 2,533 milhões para R$ 3,982 milhões por mês, um aumento de 57,19%. O valor adicional será empregado em alimentação, fardamento e reparos nos quartéis gerais. Teotonio Vilela ressaltou que já estão autorizados o pagamento individualizado para alimentação e o depósito em conta para compra das fardas.

Para o fardamento, serão destinados R$ 234 mil mensais, enquanto para a alimentação a parcela será de R$ 865 mil por mês. Já o reparo nos quartéis contará com um recurso de R$ 350 mil por mês. O pacote anunciado pelo Estado conta ainda com a renovação de 164 viaturas e construção de cinco novos quartéis, 30 Bases Comunitária e duas Centrais de Comando e Controle de Videomonitoramento.

Já com relação aos investimentos, Teotonio Vilela garantiu a compra de 1.300 coletes balísticos; mil pistolas; 43 viaturas, sendo 34 delas do tipo 4×4 para a polícia e nove para os bombeiros; 300 conjuntos de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para o CBMAL; 100 espingardas de calibre 12; um equipamento anti-bomba e 70 metralhadoras calibre 40.

O investimento total é de R$ 16.275 milhões. “São investimentos para as duas corporações, mas no total estamos empregando R$ 160 milhões na Segurança Pública, que vêm a se somar com os R$ 50 milhões enviados pelo Governo Federal para o Brasil Mais Seguro”, expôs. “Ainda estamos na expectativa de que o Governo Federal aporte o mesmo montante que Alagoas”.

Agência Alagoas

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa