Grupo italiano da construção civil estuda instalação em Alagoas

O secretário de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico, Luiz Otavio Gomes, recebeu, na tarde desta segunda-feira (18), executivos do Gruppo Policentro, consórcio italiano do ramo da construção civil. A companhia já está presente no estado de Sergipe e estuda a possibilidade de se instalar em Alagoas.

A empresa pretende investir cerca de R$ 60 milhões na construção de duas plantas industriais, que ficariam situadas no Polo Multifabril José Aprígio Vilela, em Marechal Deodoro. Para a construção das fábricas, a empresa calcula ocupar uma área de aproximadamente 120 mil m².

Dentre as linhas de produção, estão artigos pré-moldados em cimento e madeira, além do suporte na construção de casas populares. Representantes da empresa estimam que, em funcionamento, as duas unidades podem gerar aproximadamente 400 empregos diretos.

“Todo empreendimento de grande porte que deseja se instalar no Estado terá, dentro das possibilidades, o nosso total apoio. Faremos o que for possível para que o Grupo fique em Alagoas”, disse o secretário Luiz Otavio Gomes.

Durante o encontro, além de serem discutidas as questões técnicas referentes ao empreendimento, foram esclarecidos para os representantes do grupo italiano os benefícios do Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado de Alagoas (Prodesin), que pode conceder à empresa incentivos fiscais, creditícios e locacionais.

O Gruppo Policentro opera mais de 40 centros comerciais e multiuso na Itália e em outros países, que são visitados a cada ano por 100 milhões de consumidores e geram um volume de negócios total de €2 bilhões por ano.

(Henrique Pereira – Assessoria Seplande)

Descrição do autor

Edivaldo Junior

Edivaldo Junior

Edivaldo Junior é jornalista, colunista da Gazeta de Alagoas e editor do caderno Gazeta Rural

Ainda não há comentários.

Participe da conversa